Pronampe – Saiba o que é como funciona e como solicitar

Micro e pequenas empresas foram muito afetadas pela COVID-19. Dessa forma, o Governo instituiu em maio de 2020 o Pronampe. Este é um programa com crédito especial que visa ajudar financeiramente empresas por um determinado período.

Ficou interessado? Então acompanhe esse artigo e saiba mais detalhes sobre o que é, como ele funciona, formas de solicitar suas regras e valores. Confira!

Veja também:

O que é o Pronampe?

O Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), é um programa de incentivo criado pelo Governo Federal. Seu objetivo consiste basicamente em contribuir com o crescimento das empresas.

Para isso, o Pronampe oferece um crédito, desse modo, a empresa pode investir no seu crescimento ou então honrar com suas despesas de operação.

O que mais as empresas podem fazer com esse valor?

  • Fazer compra de mercadorias ou então de matérias primas;
  • Adquirir equipamentos, bem como máquinas;
  • Investir em reformas;
  • Pagar salário dos colaboradores;
  • Pagar contas de luz, água e aluguel, por exemplo.

O Pronampe tem uma taxa de juros baixa. Além disso, o programa ainda oferece um prazo estendido para pagamento. Ou seja, adquirindo o crédito do Pronampe, você pode parcelar sua dívida em até 36 vezes.

Além disso, este programa garante 85% de operações através do FGO, um fundo do Tesouro Direto. A regra é que as empresas que fecham com o programa, precisam manter seu quadro de funcionários.

Formas de solicitar o Pronampe

Os empreendedores que desejam contratar esse programa de crédito devem ir a uma instituição financeira. Além disso, antes de dar entrada no pedido é importante ficar atento aos seguintes pontos:

  • Verifique o faturamento de sua empresa em 2019;
  • Garanta que não há restrições, dívidas ou então pendências em seu CPF;
  • Crie um plano para usar o recurso;
  • Consulte nas instituições financeiras se há crédito aprovado para sua empresa;
  • Reúna os documentos necessários para dar entrada na solicitação.

Regras e valor do Pronampe

O valor a ser disponibilizado pelo Pronampe vai depender do faturamento anual da empresa que solicitou o programa.

Empresas do Simples Nacional, podem fazer a consulta pelo site através do certificado digital. Enquanto isso, as demais micro e pequenas empresas podem entrar pelo e-CAC da Receita Federal.

As regras referentes a quem pode solicitar o Pronampe, são as seguintes:

  • Micro empresas que possuam faturamento de até R$ 360 mil/ano;
  • Pequenas empresas que tenham faturamento até R$ 4,8 milhões/ano;
  • Empresas novas, com menos de um ano de atividade, o limite é de 50% do capital, ou então 30% da média de faturamento;
  • O limite de crédito ofertado é 30% do faturamento de 2019;
  • O período de carência é de 8 meses;
  • A taxa de juros é 1,25%, mas sofre variações, porque é Selic.

Como solicitar?

Para solicitar o Pronampe é necessário atender aos critérios e entrar em contato com uma instituição de crédito autorizada pelo Banco Central. As mais procuradas para Pronampe são:

  • Caixa Econômica Federal, Bancos dos estados brasileiros, Banco do Brasil;
  • Cooperativas de crédito;
  • Fintechs;
  • Bancos privados, como: Santander, Bradesco, Itaú, Inter e outros.

De modo geral, o caminho não é simples para as empresas, mesmo com programas de créditos. Ainda assim elas encontram dificuldades para acessar esse programa.

Principalmente, porque Micro e pequenos empreendedores tendem a não estarem regularizados, muitos nem conta bancária possuem, dificultando ainda mais o processo.

Portanto, veja se sua empresa se encaixa no programa e entre em contato com uma instituição financeira, o quanto antes!

Redacao
Redacao
Artigos: 31

0