Vale Gás: Saiba como se cadastrar

Que o gás de cozinha sofreu um grande aumento durante a atual crise econômica que o país vive não é segredo pra ninguém. Em algumas cidades o preço do gás de 13kgs já passou de R$100,00 e estima-se que o preço pode subir ainda mais.

Publicidade

A Petrobrás explica que o preço do gás segue o mercado internacional e acompanha a mudança de outros produtos e a taxa de câmbio, ou seja, o preço pode aumentar ou diminuir, como muitas outras coisas no Brasil.

É por causa desse cenário de preços elevados que o post de hoje vai para te explicar o que é o Vale Gás e quem tem direito a esse benefício.
Então, boa leitura!

O que é o Vale Gás?

Trata-se de um benefício concedido às famílias em situação de vulnerabilidade. O programa está sob gestão da Secretaria do Desenvolvimento Social e pagará um valor correspondente a pelo menos 50% do preço médio nacional de revenda do botijão de 13kg.

Essa média de preço é divulgada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Quem tem direito ao Vale Gás?

Esse não é um programa que é possível se cadastrar, pois a própria Secretaria do Desenvolvimento Social já fez a seleção dos beneficiários.

O critério para ter acesso a esse benefício, é ser uma família inscrita no CadÚnico, possuir o Auxilio Brasil (pois será pago dentro do mesmo cadastro) , moradora de comunidade carente e que possui uma renda mensal per capta menor ou igual a meio salário mínimo nacional (R$ 606);

Como saber se tenho direito?

  • – Famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional (R$ 606);
  • – Famílias que tenham entre seus membros residentes no mesmo domicílio quem receba o benefício de prestação continuada da assistência social, o BPC, que prevê um salário mínimo mensal à pessoa com deficiência e ao idoso com 65 anos ou mais que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção nem a família.
  • – A lei estabelece que o auxílio será concedido “preferencialmente às famílias com mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência”.

Se você se enquadra nesses requisitos, possivelmente tem direito de receber os benefícios.

“O programa admitirá a entrada gradativa de mais famílias, de modo que, em setembro de 2023, todos os beneficiários do Programa Auxílio Brasil sejam atendidos”, informa o ministério.

Imagem padrão
Welbert Lucas
Artigos: 53

0