Como fazer prova de vida INSS

A prova de vida é um recurso que o INSS utiliza para evitar fraudes nos benefícios previdenciários. E, mesmo já existindo há algum tempo, durante a Pandemia, muitas pessoas ficaram com dúvidas sobre como fazer prova de vida INSS.

Afinal, com as regras de isolamento social e restrições por conta da COVID-19, fazer a prova de vida em agências da Caixa, como era o habitual, se tornou inviável. Nesse caso, o INSS instituiu outras formas de realizar a prova de vida. Você sabe quais são elas?

Se não, continue sua leitura e veja agora tudo o que precisa saber sobre como fazer a prova de vida do INSS para não perder seus benefícios. Confira!

Veja também:

Como fazer prova de vida INSS pelo aplicativo?

como fazer prova de vida INSS

Você pode fazer a prova de vida através do aplicativo Meu INSS. Mas para isso é preciso ter biometria facial cadastrada ou no TSE – Tribunal Superior Eleitoral ou então no Detran.

Depois que cadastrar a biometria facial cadastrada é só fazer o download do aplicativo Meu INSS. Você pode baixar o app pelo Google Play ou então pela App Store nos links disponíveis abaixo:

Além disso, ainda há a opção de fazer a comprovação de vida pelo app do Banco do Brasil. Nesse caso, apenas clientes BB que participam do programa instituição financeira pode usar este caminho.

Por procuração

Quem não pode ir direto ao banco de forma presencial ou então não tenha acesso aos aplicativos de fazer a comprovação de vida por meio de um procurador. Mas para que essa procuração seja aceita é preciso estar devidamente cadastrada no INSS.

Como fazer prova de vida INSS em domicílio?

Mais uma opção para comprovação de vida é o direito estabelecido por lei de realizar o procedimento em domicílio. Seja de forma emergencial ou então prioritária.

Mas para que isso ocorra é necessário que o beneficiário impossibilitado realize um agendamento de prova de vida. O agendamento pode ser feito pelo 135 ou então pelo site Meu INSS com antecedência.

A modalidade de atendimento à distância está previsto em Lei. E para garantir esse direito é preciso apresentar documento médico que comprove a condição na hora de solicitar pelo site em anexo.

Quem reside no exterior precisa fazer prova de vida?

Beneficiários do INSS que moram no exterior podem fazer voluntariamente a prova de vida. Nesse caso, não há necessidade de seguir o calendário divulgado pelo INSS.

Os beneficiários podem apresentar prova de vida nas representações diplomáticas ou consulares brasileiras. A comprovação é feita preenchendo e assinando o Formulário Específico de Atestado de Vida para comprovação do INSS.

Como fazer prova de vida INSS presencialmente?

Uma das formas mais práticas e fáceis de fazer a prova de vida é presencialmente direto no banco em que o beneficiário recebe o benefício. A comprovação é feita por meio de caixa eletrônico e registro biométrico.

Bancos como a Caixa Econômica Federal, o Banco Bradesco e o Itaú aceiram qualquer transação como prova de vida.

Caso não haja biometria cadastrada é orientado pelo INSS que procure sua agência bancária com CPF e documento com foto em mãos (RG ou CNH) para agendar o cadastro da biometria.

E se eu perder o prazo o que acontece?

Para os beneficiários que perderem as datas para comprovar prova de vida pode ocorrer o bloqueio do benefício pelo banco. Mas assim que comprovado o recurso é liberado novamente.

Se deixar de fazer a prova de vida por mais de 6 meses o INSS suspende o benefício. Então, será preciso reativa-lo por meio de análise de pedido que tem prazo de até 40 dias mais 72 horas após acatado para o pagamento ser liberado.

Portanto fique de olho no site do INSS, no aplicativo ou mesmo nas fontes confiáveis que informem as datas para comprovação de vida e não deixe seu benefício ser bloqueado.

Redacao
Redacao
Artigos: 31

0